A SUÁSTICA BUDISTA.



Quando visitamos a Ásia, fiquei curioso para saber o significado da "Suástica" nos templos, em especial no  Japão. Estava presente nas entradas dos monumentos, em objetos e nas imagens de Buda.
Etimologicamente, a palavra Suástica (Cruz Gamada) significa felicidade, prazer e boa sorte. É um símbolo místico, usado em várias culturas, dos Astecas e Hindus aos Budistas. Os primeiros relatos  datam de 4000 anos a.C, em vasos encontrados na Europa. É considerada um símbolo santo para o hinduísmo (Índia) e está presente em toda sua cultura, seja em templos ou pequenas lembranças para desejar boa sorte. É um dos 108 símbolos do Vishnu (deus responsável pela manutenção do universo), que representa os raios do sol e, sem eles, a vida não existiria. Pode ter vários sentidos, a depender de seu uso. Quando voltado para direita, significa evolução do universo e, para esquerda, involução (no Hinduísmo). Como o budismo foi criado por um príncipe Indú, essa cultura foi trazida para o Japão.







A Suástica, na cultura Budista, é também conhecida como Manji e representa o Dharma (harmonia). O símbolo voltado para esquerda significa amor e piedade. Quando para direita, significa força e inteligência.   Já no eixo vertical, significa a ligação do céu e da terra e, no eixo horizontal, a conexão de Yin e Yang . Lamentavelmente, no início do seculo XX, a Suástica foi utilizada propositalmente pelo facismo da Alemanha de Hitler, para simbolizar a força do povo ariano sobre os restantes. À partir da segunda guerra mundial, o símbolo no Ocidente passou a ter relação com o  ódio, guerra e racismo.  Em razão do símbolo facista (Suástica virada para a direita), o símbolo, fora da Índia (hinduísmo), é sempre voltado para o lado esquerdo.




Uma pena essa associação imediata com o ódio entre as pessoas, porquanto, o verdadeiro significado do símbolo, sempre será o amor e a harmonia dos povos.


Fonte - Wikipédia.

Comente com o Facebook: