Localizada no centro da região norte, a capital da Índia é gigantesca, caótica e fascinante. Essa foi nossa porta de entrada para esse fantástico pais. O nome da Índia vem de "Indoi", palavra grega para designar o povo que vivia além do rio Indo. Os sítios pré-históricos remontam 20000 a.C. É um país com uma história riquíssima e uma diversidade cultural imensa. A Índia é um aprendizado.

Onde Ficar:

Após os trâmites legais da imigração, nos encaminhamos para o hotel, o excelente Leela Palace. A localização deste é primordial para a exploração turística da cidade, porque as distâncias não parecem amistosas, o tráfego é intenso e desorganizado e a economia com transporte merece atenção no planejamento do roteiro.




Um do programas mais descolados na pequenina Porto de Pedras, em Alagoas, é conhecer a Associação Peixe-Boi. Localizada na rua principal da cidade, a pequenina casa chama a atenção também pelo movimento. É bem organizada, dotada de uma área com recepção, uma sala de reuniões, outro espaço com máquinas para confecção das camisas da associação e uma lojinha para vendas da produção. Empresas importantes e celebridades contribuíram para construção, reforma e aquisição de aparelhos para a associação. Essa ajuda nunca foi esquecida e até hoje o fato é comentado.


Um dos locais mais paradisíacos do Brasil, está localizado no Litoral Norte de Alagoas, precisamente em São José dos Milagres. Neste pequeno pedaço de terra, a natureza caprichou, são lindas praias desérticas, coqueirais, barquinhos de pesca, piscina natural e pequenas pousadas de charme. Fomos conhecer a recém inaugurada Pousada Taipa dos Milagres. São sete confortáveis suites, a maioria com vista para o  mar, sim, a pousada é a beira mar, voltada para a fenomenal Praia do Toque.
Nosso apartamento era amplo, possuia ante-sala, sofá cama e lá havia espaço suficiente para acomodar duas crianças grandes.  No ambiente do casal, cama bastante confortável, com seis travesseiros e manta disponível. A pousada recebe crianças acima de oito anos. O espaço é de muito bom gosto, decoração leve, rústica e em perfeita harmonia com o ar tropical que dela emana.



Passeando pelas ruas calmas e de casas coloridas e bem cuidadas em Marechal Deodoro, Alagoas, uma casa, em particular, chama a atenção. Reformada em 1983 pela prefeitura local, a casa onde nasceu o primeiro presidente da república do Brasil é uma atração a mais na cidade. Com características do tempo colonial, a casa possui  telhas em biqueira, telha dupla, quatro janelas e uma porta central. Tudo bem cuidado.
Fomos recepcionados por um simpático e culto guia, que nos acompanhou durante todo o passeio. A assinatura do livro de freqüentadores é com toda a pompa digna do lugar. A "casa museu" está dividida em dois cômodos, sendo o primeiro (térreo), onde estão expostos fotografias históricas, o brasão familiar, busto, camas e armários em perfeito estado de conservação, as bandeiras da época, louças e pequenos utensílios domésticos. A riqueza de detalhas relatadas pelo guia, prendem a atenção na visita, incluindo as crianças. 

Veneza ( Reuters)
 Por Alessandra Vieira*

Materia publicada pela Globo em março de 2018 e colocada em destaque na Revista Maré da Gazeta de Alagoas. Um assunto bem relevante e curioso para os amantes das viagens.

Além de passaporte, passagens, roupas e sapatos adequados, o viajante deve colocar outro item na mala tão importante quanto: o respeito pelo outro e sua cultura e o entendimento de que cada lugar tem suas particularidades que merecem ser respeitadas. Pensando nisso, o Ministério das Relações Exteriores do Reino Unido acaba de divulgar uma lista de comportamentos a serem seguidos pelos visitantes de diversos países. Algumas dessas condutas, inclusive, podem ser consideradas contravenção e levar seus autores a pagar multas ou serem presos e deportados.
Somente no ano passado, o Ministério das Relações Exteriores do Reino Unido atendeu a mais de 23 mil casos consulares relacionados à desobediência a normas e leis.
Confira abaixo alguns exemplos de comportamento que podem deixar um estrangeiro em apuros.

Alemanha - Nas modernas rodovias alemãs, ficar sem gasolina deixa o turista em apuros, já que trata-se de uma contravenção.

Barbados, St. Vincent e St. Lucia - Essas três ilhas do Caribe baniram o uso de roupas com estampas de camuflagem. O alerta vale para crianças também.

Barcelona (Espanha) - Muitas cidades do mundo desaprovam o comportamento de quem cospe na rua. Barcelona, porém, vai além, e multa os mal educados.

Dinamarca - Uma dica para os motoristas: na Dinamarca, as lanternas do carro têm que estar acesas o tempo todo. Faz parte do código de trânsito local.

Emirados Árabes Unidos - Falar palavrões é considerado ato obsceno nos Emirados Árabes Unidos e pode levar o autor à prisão ou à deportação. O mesmo vale para fazer gestos obscenos.

França - Em muitas piscinas públicas francesas, homens só são admitidos se estiverem usando sunga. De shorts ou bermudas largas, não entram.

Grécia - O país tem leis bastante rigorosas em relação ao comportamento das pessoas em público. Mostrar as nádegas na rua, por exemplo, pode levar o turista a ser enquadrado por comportamento obsceno, com multa e prisão. Também na Grécia, saltos altos estão proibidos em sítios históricos, como a Acrópole, já que causam danos aos monumentos.

Japão - Remédios que contenham codeína – como inaladores e analgésicos – são proibidos no Japão. Os infratores podem ser presos e deportados.

Sri Lanka - No Sri Lanka, fazer mau uso da imagem de Buda é considerado uma ofensa séria. Há registros de turistas que foram deportados por terem tatuagens visíveis de Buda, como aconteceu com a britância Naomi Coleman. Também deve-se evitar fazer fotos em frente a estátuas.

Tailândia - Cigarros eletrônicos são proibidos na Tailândia. Se você for flagrado, os aparelhos serão confiscados e o governo pode mandá-lo a julgamento. A pena de prisão chega a dez anos. O país também baniu os cigarros em 24 praias, entre elas Phuket, em uma tentativa de proteger o meio ambiente.

Turquia - Turistas precisam tomar muito cuidado ao lidar com os símbolos nacionais do país. Rasgar uma nota de Lira turca, por exemplo, é tratado como uma ofensa à nação. A pena para esse tipo de contravenção varia de seis meses a três anos de prisão.

Ucrânia - Fumar e beber em público? Nem pensar. Esse tipo de comportamento é proibido nos transportes, nos pontos de ônibus e até em praças e parques.

Veneza (itália) - É uma cena para lá de comum, mas a prefeitura de Veneza multa quem alimenta os pombos. A iniciativa tem por objetivo diminuir a população de aves.

Virginia Beach (Virginia, Estados Unidos) - Outro lugar em que falar palavrões em público cria problemas. Desde os anos 1990, a cidade proíbe o linguajar chulo, em uma tentativa de tornar a área mais amigável para famílias.


* Editora da Revista Maré da Gazeta de Alagoas
  Jornalista e Blogueira