O QUE VISITAMOS EM MOSCOU.


A princípio não pensávamos em conhecer Moscou tão cedo. Aproveitando uma viagem que faríamos em abril de 2009 ao Leste Europeu, nos  perguntamos se não deveríamos desfrutar também desta oportunidade. Moscou sozinho sempre é um pouco mais complicado. Cansamos de ler os bons blogs relacionados e escolhemos a Thayka Turismo   para fazer um dia de programação. Ficamos quatro dias em Moscou. Reservamos um dia para fazer um city tour exclusivo, com motorista e guia e, ainda, um passeio no metrô, além dos transfers, ao chegar e sair na cidade. A empresa providenciou o visto. Desde o início, a assistência foi completa. Todavia, seria bom, ao contratar um transfer por lá, deixar claro as condições para realização do check in nas empresas aéreas e, ainda, evitar os horários de vôos na madrugada, onde as dificuldades são maiores, uma vez que nem todos os funcionários aeroportuários falam inglês. Escolhemos o Hotel Cosmos pelo Booking  na Prospekt Mira,150. Um hotel gigantesco, três estrelas, com vários restaurantes, cafés e shopping em seu interior. Particularmente, não obstante a localização e facilidade para transporte, é um hotel antigo e, à época, não tinha passado por reforma alguma. Construído para as Olimpíadas de Moscou, em frente a uma estação de metrô. Além de tudo, bastante distante da região central.


1- A Viagem - Saímos de Innsbruck, Áustria, logo pela manhã, no vôo da Niki Air (lembram dele?), empresa do Niki Lauda, antigo corredor de Fórmula 1. Vôo  tranqüilo, mas, conhecer um país tão longínquo, a ansiedade nos impediu o sono. Finalmente, chegamos ao principal aeroporto de Moscou, o Domodedovo. Nossa plaquinha estava lá no desembarque, "Sr. Barbosa". Uma senhora simpática se apresentou, ajudou a recolher as malas e nos orientou para aguardarmos o carro. Na entrada do Aeroporto ,restos de gelo nas calçadas, carro empoeirados e antigos. Do aeroporto para o hotel seriam 48 km de trânsito caótico, complicado. Não aconselho o aluguel de carro por lá.
Aeroporto principal de Moscou
2- O Que Conhecer - Cedo e no horário marcado, aguardamos nosso guia no hotel .Com um atraso de uma hora ,resolvi procurá-lo. Encontrei-o em uma empresa de turismo, localizado no próprio hotel. Pura sorte, pois não havia identificação alguma e não fomos procurados na recepção. Concluímos que, ali, é preciso estar atento, seja para recolher as malas ou aguardar carros e guias. Não há avisos para tanto. A impressão é que eles não estão preparados para receber turistas, pelo menos quando fomos. Desculpas recebidas, partimos para nosso city tour. Nosso guia era o Iury, um russo que falava espanhol e estava estudando português. Era tudo que queríamos! O carro era, igualmente, confortável. Havia também um motorista,mas só falava russo.
Hotel Cosmos
Vista de nosso quarto


 











Praça da Vitória- Localizado no monte Paklannaya, é um imenso parque. O destaque é um Obelisco de quase 142 metros de altura, onde em cada 10 cm retrata uma guerra russa. É uma área imensa, como tudo nesta cidade e muito freqüentada pelos locais. Bom para passear sem pressa.
                                                                                    
                                                                                
                                                                                     


O Estádio Olímpico e a Universidade de Moscou - Local bastante freqüentado, com uma bonita vista para a cidade e o Estádio Olímpico, sede das Olimpíadas de 1980. Aqui se vende as famosas bonequinhas russas, as Matrioskas, símbolo da fertilidade e da família. Muitos casais em lua de mel, vem para cá tirar fotos. Aproveitamos e fizemos o nosso click. Lembrança registrada. Igreja Ortodóxica, de telhado verde.

   
                                                                          
                                                                      
   
O Metrô - Um verdadeiro museu. Reservamos este passeio no primeiro dia.  Compramos ticket, visitamos as principais estações, admiramos a linda decoração.
Praça Vermelha -  O coração da cidade. O principal ponto turístico da capital. 



 

Shopping Gum - Área comercial mais chique e cara da cidade. Boas lojas e bem localizado na Praça Vermelha.



Parque de Exibições de toda a Rússia - Localizado em frente ao nosso hotel. É um mega parque de exposição, onde pode-se encontrar de tudo, desde mercado de produtos baratos (péssima qualidade), foguete aposentado, monumentos lindíssimos, crianças brincando por todos os cantos,enfim, um passeio muito interessante.


Arredores do Kremlim - O rio Moscou acompanha as lindas muralhas do Kremlim. Um passeio nesta região é muito bonito. Observar as cúpulas douradas e a cor do céu em constante mudança, vale uma parada. Áreas verdes ao redor das muralhas, fontes maravilhosas e shoppings não ficam despercebidos.


                                                           
Catedral do Cristo Salvador - Construída por Alexandre I em homenagem a não invasão de Moscou pelos povos bárbaros. Sua torre possui 103 metros. Tem-se uma visão muito bonita do rio Moscou e do Kremlin .O destaque desta Igreja Ortodoxa são suas cinco cúpulas douradas. Na vigência do comunismo esta igreja foi dinamitada (1933) e reconstruída tal qual a primeira, em 2000.

                                                                       
                                                                            
                                                                                 

Convento de Novodievichi (Novas Donzelas) e O Lago dos Cisnes - Este passeio pelo sudoeste de Moscou é muito bonito. Fundado por Basilio III, em 1524, este convento foi criado para marcar as vitórias russas sobre o exército lituano e polaco,  além da retomada da cidade de Smolensko. O famoso compositor Tchaikovsky inspirou-se neste lago para escrever o "Lago dos Cisnes", peça mundialmente famosa. O lago estava congelado, o que o tornou ainda mais belo, na ocasião.




Comente com o Facebook: